AGORA, VOCÊ JÁ PODE TROCAR SEU PLANO DE SAÚDE SEM CUMPRIR NOVA CARÊNCIA.


Como trocar o seu plano sem carência

Com as novas regras para trocar de convênio sem carência, que começam a valer hoje, os 13,1 milhões de clientes de planos individuais e coletivos poderão consultar no Guia de planos da ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) todas as opções para as quais eles podem mudar.

A nova versão do guia, que entra no ar hoje no site www.ans.gov.br, terá convênios de 1.600 operadoras de planos de saúde contratados depois de 1999. O guia é o primeiro passo para saber para quais planos é possível mudar ----isso porque a troca só é permitida para um convênio parecido. Além disso, é com o resultado da consulta que o cliente pede a troca à nova operadora.

Agora, a área de cobertura do plano de saúde não será mais um limitador para trocar de convênio (quem tem um plano com abrangência estadual, por exemplo, poderá trocar por um com cobertura em todo o país). (Luciana Lazarini - Agora S.Paulo)

O que muda com a nova regra de portabilidade

A partir de agora, os usuários dos serviços privados de assistência à saúde poderão mudar de plano na mesma ou em outra operadora sem ter de cumprir novos prazos de carências ou cobertura parcial temporária, conforme prevê a Resolução 252 da ANS (Agência Nacional de Saúde).

Mudanças

A portabilidade passa a abranger os planos privados individuais, familiares ou coletivos contratados após 1º de janeiro de 1999 ou adaptados. Na vigência anterior, conforme explica o Procon-SP, somente os planos individuais ou familiares podiam fazer a portabilidade.

Outra novidade é que o consumidor pode portar as carências para outro plano, independentemente da região de abrangência - municipal, estadual ou nacional - de seu plano atual.

Além disso, houve redução da permanência mínima para a segunda portabilidade, que de dois anos passa para um.

A portabilidade poderá ser requerida entre o mês de aniversário do contrato e os três meses seguintes, o que não era permitido na resolução anterior. O prazo limite para portabilidade deverá ser comunicado pela operadora do plano.

Em caso de falecimento do titular do contrato, os dependentes poderão fazer a portabilidade especial de carências para outro plano, individual, familiar ou coletivo, no prazo de 60 dias do falecimento.

Antes e depois da Resolução 252

Pontos alterados Como era Como ficou


Tipos de planos para exercer a portabilidade Somente poderiam exercer a portabilidade de carências os consumidores de planos privados de assistência à saúde individual ou familiar contratados após 1º de janeiro de 1999 ou adaptados à lei de planos de saúde (Lei 9.656/98).

Inclui os planos coletivos por adesão (são os planos contratados, por exemplo, por sindicatos, órgãos de classe, associações profissionais). Portanto, a portabilidade abrangerá os planos privados de assistência à saúde individuais ou familiares ou coletivos por adesão contratados após 1º de janeiro de 1999 ou adaptados.

Abrangência geográfica do plano (municipal, estadual ou nacional) Era necessária a compatibilidade da abrangência geográfica entre os planos.

Não há mais o critério de abrangência geográfica entre os planos, ou seja, o consumidor poderá portar as carências para plano com cobertura municipal, estadual ou nacional, independentemente da abrangência do seu plano atual.

Prazo de permanência mínima no plano A partir da segunda portabilidade o prazo mínimo de permanência no plano era de 2 (dois) anos.

Redução do prazo de permanência mínima no plano para o exercício da segunda portabilidade ou posteriores, que passa para 1 (um) ano.

Prazo para exercício da portabilidade A portabilidade deveria ser requerida pelo consumidor no mês de aniversário do contrato e no mês seguinte.

Ampliação do prazo para exercício da portabilidade, que poderá ser requerida pelo beneficiário no período compreendido entre o mês de aniversário do contrato e os três meses seguintes.

Informação sobre o prazo para exercício da portabilidade Sem previsão específica. A operadora deverá comunicar a todos os beneficiários a data inicial e final do prazo, no mês anterior ao referido período, por qualquer meio que assegure a sua ciência.

Consulta aos planos compatíveis Acesso via Internet ao Guia ANS de Planos de Saúde e contato com a ANS em caso de dúvidas.

O consumidor que não conseguir identificar seu plano de origem, em consulta ao Guia ANS de Planos de Saúde (disponível no site www.ans.gov.br), poderá protocolizar sua solicitação na própria ANS. Há procedimento específico e prazos diferenciados.

Portabilidade especial em caso de dificuldade financeira do plano Sem previsão. Se a operadora estiver em dificuldades financeiras/operacionais (durante regime especial de Direção Fiscal ou Direção Técnica ou cancelamento compulsório do registro de operador; ou de Liquidação Extrajudicial sem regime especial prévio, após o insucesso da transferência compulsória de carteira). Nesses casos, a ANS poderá conceder a “portabilidade especial” de carências, fixando o prazo de até 60 dias, prorrogáveis, para que os consumidores, independentemente do tipo de contratação e da data de assinatura dos contratos ou cumprimento de carências, exerçam a portabilidade para planos privados de assistência à saúde, individual ou familiar ou coletivo por adesão, de outra operadora. A operadora não poderá exigir prazo mínimo de permanência no plano ou que a portabilidade seja requerida no mês de aniversário do contrato ou nos três meses subsequentes. Foram mantidos os critérios de compatibilidade relativos à segmentação e faixa de preço igual ou inferior.

Portabilidade especial em caso de falecimento do titular do plano Sem previsão. Quando falecer o titular do contrato, os dependentes poderão exercer a portabilidade especial de carências para plano privado de assistência à saúde individual ou familiar ou coletivo por adesão no prazo de 60 dias do falecimento, independentemente do tipo de contratação do plano de origem, da data de assinatura do contrato ou cumprimento de carências. A operadora não poderá exigir prazo mínimo de permanência no plano ou que a portabilidade seja requerida no mês de aniversário do contrato ou nos três meses subsequentes. Foram mantidos os critérios de compatibilidade relativos à segmentação e faixa de preço igual ou inferior.

Fonte: Procon-SP

Ainda de acordo com o Procon-SP, a nova Resolução apresenta vários pontos positivos, mas permanece restrita aos planos contratados após janeiro de 1999, não permite mudança para plano em faixa de preço superior, assim como contempla os planos coletivos empresariais, que representam cerca de 60 % do mercado de saúde suplementar, apenas em situações específicas (portabilidade especial de carências).


PESQUISA DE OPINIÃO (Clique e veja os resultados).

Leia outras Notícias:

» VITÓRIA AOS ESTUDANTES: PASSE FÁCIL DA MEIA PASSAGEM SERÁ EMITIDO O ANO INTEIRO.

» COM QUEM FICOU O ÔNUS DA REFORMA PSIQUIÁTRICA?.

» VEREADOR QUER COBRANÇA FRACIONADA NOS ESTACIONAMENTOS DE VEÍCULOS.

» SERVIDORES DIZEM QUE SITUAÇÃO DO IPAMB NÃO ESTÁ BEM ESCLARECIDA.

» PROGRAMA FISCAL DA CIDADE.

» Vereador solicita atenção da Prefeitura para a Tavares Bastos.

» USAR CELULAR EM BANCOS PODERÁ SER PROIBIDO.

» SANITÁRIOS EM AGÊNCIAS BANCÁRIAS DE BELÉM, AGORA É LEI.

» ESSA ADMINISTRAÇÃO NEM SE COMPARA COM A FEITA PELOS DEMOCRATAS.

» NÃO SE DEVE CUSPIR NO PRATO QUE SE COMEU.

» Médicos são homenageados na Câmara.

» FERNANDO DOURADO estranha interesse da PREFEITURA.

» Solidariedade dos servidores do SAMU é lembrada por Fernando Dourado.

» Fernando Dourado faz visita ao SAMU e recebe reclamações de servidores.

» Morte de bebê recusado nos hospitais de Belém é repercutida pelo vereador Fernando Dourado.

» Vereador Fernando Dourado se posiciona sobre a Zona Azul.

» Vereador Fernando Dourado propõe nome à extensão da avenida João Paulo II.

» Vereador cobra da prefeitura explicações quanto a Zona Azul.

» Lei proposta pelo vereador foi sancionada pelo prefeito Duciomar.

» Projeto de Fernando Dourado proíbe uso de celular em agências bancárias.

» Presidente da Sociedade Brasileira de Imunizações confirma:Fernando Dourado tinha razão, vacinação contra gripe A no Pará aconteceu fora do tempo.

» Vereador propõe novos projetos na Câmara.

» Aprovado na CMB Projeto do vereador Fernando Dourado que obriga caixas d'água a serem limpas e fechadas.

» O SAMED É O MESMO HÁ 15 ANOS

» COMO GOVERNAR ATRAVÉS DE MENTIRAS? (Pronunciamento do dia 03 de março de 2010)

» Vereador Fernando Dourado realiza audiência pública para discutir a Gripe A.

» Fernando Dourado propõe mudar nome da Avenida 25 de Setembro.

» Prefeito visita Câmara e recebe críticas e cobranças de Fernando Dourado.

» Câmara vota o Orçamento de Belém, sob protestos de Fernando Dourado.

» Vereador Fernando Dourado defendeu interesses dos servidores municipais com firmeza.

» Dr. Fernando Dourado critica decreto presidencial.

» Dr. Fernando Dourado apoia a luta pelos servidores municipais.

» Dr. Fernando Dourado entrega quase 5 mil brinquedos à crianças carentes.

» Personalidades do Pará são homenageadas por Fernando Dourado.

» O exemplo do Democratas.

» Dr. Fernando Dourado convoca autoridades para falar sobre a Aids.

» Dr. Fernando Dourado pede atenção aos flanelinhas na CMB.

» Dr. Fernando Dourado é recebido na Assembléia Legislativa do Estado.

» Aeronáutica recebe homenagens na CMB.

» Dr. Fernando distribui alimentos na véspera do Círio.

» Dr. Fernando critica a demora na restituição do Imposto de Renda Pessoa Física.

» Dr. Fernando Dourado concede medalha e diploma Círio de Nazaré ao padre Ronaldo Menezes.

» Absurdo: Emenda do Dr. Fernando Dourado que beneficia vítimas de acidentes de trânsito é rejeitada na Câmara.

» Hospital Sarah recebe visita de Fernando Dourado.

» Imagem peregrina de Nossa Senhora de Nazaré é recebida pelo vereador Fernando Dourado.

» Dr. Fernando Dourado distribui bombons em homenagem à Cosme e Damião.

» Votação pela redução fiscal do setor de transporte tem início na CMB.

» A saúde sob a ótica do SUS.

» Vereador contra a CPMF.

» Pesquisa para o Senado é tema de debate na Câmara.

» Se perder um aparelho já é uma vergonha, um atestado de incompetência para esse governo, o que significará perder dois?

» Descaso com a sáude pública é tema do debate na Câmara Municipal.

» Hospital Barros Barreto Completa 50 anos e Homenageia antigo Dirtetores.

» Sessão especial de 19/06/2009: "Projeto Morada Legal".

» Fernando Dourado faz sessão especial para falar das "Terras de Marinha".

» Vereador Fernando Dourado destaca ações do Democratas.

» Fernando Dourado realiza sessão especial para falar sobre a gripe A.

» Fernando Dourado fala sobre as terras de Marinha, durante sessão na CMB.

» Sessão homenageia os 90 anos da Faculdade de Medicina da UFPA.

» Relatório da saúde do Estado será entregue ao Ministro da Saúde.

» Vereadores aprovam projeto que beneficia alunos carentes.

» Saúde do Pará é a que recebe menos recursos federais

» Ultimo prazo para eleitores se regularizarem junto ao TSE

» 7 de abril – Dia do Jornalismo

» Comissão de Saúde volta a se reunir na CMB

» Câmara Municipal levanta novos debates sobre a saúde

» A saúde em foco na CMB

» Vereadores protocolam CPI da saúde

» Transito de Belém continua na pauta

» O Que Fez o Governo Lula por Belém

» A Saúde De Belém x o HPSM

» Abertura do Ano Legislativo

 

: : Copyright© 2009 - Vereador Dr. Fernando Dourado - Todos os direitos reservados : :