NEWSLETTER
Assine nossa newsletter e receba nossas atualizações
Nome:
E-mail:
 
 
 
 
 
 

SOL, TAMBÉM, É MAIS SAÚDE

Chega de malhar o astro-rei. A gente já sabe que em excesso ele nos envelhece e é até capaz de causar câncer de pele. Mas, na dose certa, seus raios têm indiscutível poder terapêutico

A palavra-chave é equilíbrio. Sol demais é um perigo para a pele.

Sim, todos sabemos que ele é capaz de provocar câncer. Por outro lado, viver à sombra está longe de ser um bom negócio. Isso porque sem os raios ultravioleta nosso corpo simplesmente não conseguiria sintetizar a vitamina D em quantidades suficientes. Ela está relacionada a uma série de funções do organismo, como você verá a seguir.

O fato é que a importância da vitamina D para a longevidade ganhou destaque nos últimos tempos. Um desses trabalhos, recém-divulgado pela Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos, indica que um bom aporte da substância reduz pela metade o risco de câncer de mama, ovário e cólon.

Você me perguntaria: Podemos contar com muitos alimentos ricos em vitamina D? Infelizmente não. Pouquíssimos apresentam o nutriente e assim mesmo em quantidades insuficientes para proporcionar os benefícios já descritos. É o caso da gema de ovo, do fígado, da manteiga e alguns tipos de peixe. Então, não conte com os alimentos para essa finalidade. A melhor fonte é, sem dúvida, o sol. O problema é que o período que favorece a maior produção dessa substância, das 10 às 15 horas, é justamente aquele com maior concentração dos raios UVB, que podem lesionar as células da pele. Por isso, antes de se expor, passe um protetor solar e reaplique a cada duas horas, no máximo, pois, esses não impedem a ação positiva do sol.

FÁBRICA DE VITAMINA D

O organismo precisa da luz do Sol para produzir esse nutriente

1. A camada externa da pele, a epiderme, é rica em um derivado do colesterol conhecido como 7-desidrocolesterol. Em contato com os raios UVB, essa substância se transforma em uma outra molécula, a pré-D3.

2. O calor do corpo provoca mais uma metamorfose química nessa molécula e faz surgir a vitamina D3, a forma ativa do nutriente. Esta, por sua vez, se une a uma proteína que vai transportá-la para a corrente sangüínea.

NA DOSE CERTA

"Se a sua pele é clara, bastam 15 minutos de sol diários para que a vitamina D seja fabricada pelo organismo". Pessoas da raça negra têm mais dificuldade para sintetizar o nutriente.

OSSOS FORTES

A função mais conhecida da vitamina D é absorver cálcio e fósforo no intestino

É por isso que a maioria dos tratamentos contra a osteoporose inclui boas doses do nutriente. "Um pouco de sol e alimentação balanceada podem garantir ossos fortes por toda a vida.

Esses efeitos benéficos começam ainda na vida intra-uterina. Estudos apontam que a vitamina D na gestante melhora a saúde óssea do rebento.

Além de causar a osteoporose, a falta desse nutriente provoca problemas nas articulações. Especialistas da Universidade de Boston, nos Estados Unidos, apontaram uma relação entre artrite reumatóide e baixos níveis de vitamina D no organismo.

Boas doses de vitamina D aliadas a uma dieta rica em cálcio, ainda dão um “chega pra lá” nos sintomas da tensão pré-menstrual.

Poderíamos dizer que A VITAMINA D

• Atua contra a osteoporose
• Acaba com a TPM
• Fortalece o cérebro
• Ajuda a manter os dentes sadios
• Protege o organismo de alguns tipos de câncer
• Pode barrar a artrite reumatóide
• Há indícios de que reduza crises de asma

A palavra-chave é equilíbrio. Sol demais é um perigo para a pele.

Por outro lado, viver à sombra está longe de ser um bom negócio. Isso porque sem os raios ultravioleta nosso corpo simplesmente não conseguiria sintetizar a vitamina D em quantidades suficientes. Ela que paradoxalmente, apesar de ser nutriente, mal e mal é fornecida pela alimentação está relacionada a uma série de funções do organismo.

NA DOSE CERTA

"Se a sua pele é clara, bastam 15 minutos de sol diários para que a vitamina D seja fabricada pelo organismo", garantem alguns dermatologistas.

Pessoas da raça negra têm mais dificuldade para sintetizar o nutriente. Culpa da melanina, substância que dá coloração ao tecido e bloqueia a ação dos raios UV que, no caso, é mais que bem-vinda. Isso não quer dizer que, em princípio, quanto mais escura a pele maior deva ser o tempo de exposição. Até que se prove o contrário, valem os mesmíssimos 15 minutos.

Então você já sabe:

Sol na medida certa, também, é muito MAIS SAÚDE

Veja Outras Dicas:

» FÉRIAS E LAZER: DOENÇAS MAIS COMUNS ADQUIRIDAS NAS FÉRIAS

» 7 DICAS PARA GANHAR PRAZER E SAÚDE NAS FÉRIAS, SEM GANHAR PESO

» FÉRIAS COM UM BEBÊ

» O VERÃO E VOCÊ

» BELEZA QUE VEM DO MAR

» CASPA (SEBORRÉIA)

» MAU HÁLITO (HALITOSE)

» ALGUNS CONSELHOS PARA SUA COLUNA

» SOLUÇOS

» DOR DE GARGANTA

» GASES

» AMAMENTAÇÃO – CUIDADO COM OS MAMILOS

» IMPOTÊNCIA

» COMER BEM PRA FICAR INTELIGENTE

» BEBER LIQUIDO DURANTE A REFEIÇÃO ENGORDA ?

» GOIABA UMA BOA FONTE DE VITAMINA C

» ESPORTE CONTRA DEPRESSÃO

: : Copyright© 2009 - Vereador Dr. Fernando Dourado - Todos os direitos reservados : :